Os números de 2011

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2011 deste blog.

 

Aqui está um excerto:

A sala de concertos da Ópera de Sydney tem uma capacidade de 2.700 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 15.000 vezes em 2011. Se fosse a sala de concertos, eram precisos 6 concertos egostados para sentar essas pessoas todas.

Clique aqui para ver o relatório completo

Kate recusa ir à caça…. exemplo que vem de cima.

 

 

Consciencia moderna.... estamos evoluindo, Graças a Deus.

Kate Middleton volta a dar que falar. Desta vez, a mulher do príncipe William negou participar no tradicional Dia de Caça, que todos os anos é promovido pela família real britânica.

De acordo com a imprensa internacional, a duquesa de Cambridge, que é uma ativista na defesa dos direitos dos animais, decidiu quebrar o protocolo e não foi a este evento oficial.

Consta que Kate teria recebido inúmeros apelos por parte de algumas associações de animais para que não fosse e acabou por satisfazer esses pedidos.

Entretanto, a PETA já demonstrou publicamente o seu agrado com a atitude de Kate Middleton, mais uma, entre muitas, que se assemelha às práticas e condutas adotadas pela sua sogra Diana, a inesquecível princesa do Povo

Fonte: Agencia Anda

O ANIMAL REAGE AO AMBIENTE

O animal reage ao ambiente em que vive. Se ele sofre maus-tratos e não recebe o devido carinho ou é treinado para ser agressivo, ele o será. Isso independe da raça, é uma questão de criação. Não podemos permitir que cães sejam mortos por refletirem seus tutores irresponsáveis. Todo animal tem a possibilidade de ser reabilitado e reinserido na sociedade, basta uma boa dose de paciência, atenção e carinho. Com um bom adestramento, a recuperação é plena, e nós vamos mostrar isso.

www.upanimais.org.br

Destaques: – A retirada de dois cães considerados mordedores do CCZ de Campinas – A devolução da Xuxa, aquela cachorrinha que encontramos quase morrendo em trabalho de parto

Dicas pra se tornar vegano…. leia, seja curioso.

Pensando em virar vegano? Aqui vão algumas dicas pra fazer a transição com sucesso e, de quebra, ganhar muita saúde.

1- Adicione primeiro, subtraia depois.

Ao invés de começar cortando coisas do seu cardápio, adote uma estratégia diferente: comece adicionando novos alimentos. Sό quando sua alimentação estiver bem variada, com vários legumes, frutas e grãos diferentes, passe  à etapa seguinte que é:

2-Diminua progressivamente o consumo de alimentos de origem animal.

Passe a comer carne sό uma vez por semana. Pare de comer queijo diariamente. Comece misturando o leite de soja a outros alimentos que você gosta ( vitamina de frutas) pro seu organismo ir se acostumando. Troque a manteiga por uma margarina vegetal (não hidrogenada). Mas vá com calma, cada passo de uma vez. O ideal é que a mudança seja feita de maneira suave, assim seu corpo não terá problema em se adaptar ao novo regime e você nem sentirá falta dos alimentos que for eliminando do cardápio.

3- A medida que for diminuindo o consumo de alimentos de origem animal, aumente os de origem vegetal.

Aumente ainda mais a quantidade de vegetais da sua dieta. Coma legumes refogados/gratinados no almoço, como prato principal. Capriche nas saladas cruas (bem mais do que alface e tomate). Coma mais frutas. Agora é o momento certo de experimentar substitutos vegetais dos produtos de origem animal que você tinha costume de comer. Encontre um patê de soja que você goste e use no lugar do requeijão. Prove iogurte e creme de soja. Compre (ou faça em casa) hamburgers vegetais.

4- Pense nos pratos veganos que você já está acostumado a comer.

Ao invés de pensar em tudo que você não vai mais poder comer tente lembrar de pratos conhecidos e apreciados por todos que são naturalmente veganos. Cuscuz, tapioca, feijão, macarrão com molho de tomate, sopa de legumes… Não precisa procurar receitas exόticas pra ter um regime vegano.

5- Veganize seus pratos preferidos.

Com algumas adaptações é possivel transformar qualquer prato onívoro em prato vegano. Proteína de soja pode substituir a carne em lasanhas, macarronadas, quibes. Seitan (“carne” de glúten) dá um όtimo estrogonofe. Tofu mexido pode ser mais gostoso que ovos mexidos. Castanha e feijão podem ser a base de deliciosos “hamburgers”. Creme de castanha de caju é tão parecido com creme de leite que ninguém vai notar a diferença. Com um pouco de motivação e criatividade você vai criar receitas melhores que as originais.

6- Troque os cereais refinados pelos integrais.

Muitas pessoas acham que se não comerem carne no almoço ficarão com a sensação de estômago vazio e logo, logo voltarão a ter fome. Prefira arroz integral, pão integral, macarrão integral e cereais integrais em geral. Eles são muito mais nutritivos que os refinados/brancos e, por ter mais fibras, vão dar a sensação de saciedade que o seu corpo precisa.

7- Capriche na vitamina C durante as refeições.

A vitamina C estimula a absorção do ferro no organismo. Comendo uma fonte de vitamina C junto com o feijão com arroz de todo dia você tem a garantia que seu corpo vai aproveitar ao máximo esse mineral. Tempere a salada com limão, tome suco fresco de laranja com as refeições ou coma uma mexerica de sobremesa. E lembre-se que pimentão, repolho e couve cru também são boas fontes de vitamina C.

8- Inclua oleaginosas no seu cardápio diário.

Castanha de caju, castanha do Pará, amêndoas, amendoim e nozes são super alimentos, ricos em minerais, vitaminas, proteínas e anti-oxidantes. Os nutricionistas recomendam o consumo diário de 10 unidades. Embora sejam calόricas, é um mito achar que elas fazem mal. A gordura presente nas oleaginosas é a gordura boa que luta contra o colesterol e faz bem ao coração e tirando os alimentos super calόricos e gordurosos (carne, queijo, creme, etc) da sua alimentação, sobra espaço de sobra pra incluir oleaginosas sem aumentar o número de calorias ingeridas.

9- Coma semente de linhaça todos os dias.

Linhaça é uma excelente fonte de omega 3 e 6, nutrientes essenciais a saúde e que muita gente acredita que sό são encontrados nos peixes. Duas colheres de café de linhaça moída (farinha de linhaça) tem a quantidade de omega 3 e 6 que você precisa por dia. De quebra você ainda ganha um bônus: muitas, muitas fibras.

10-Aprenda a cozinhar.

Infelizmente ainda é difícil, e caro,  comer fora quando se é vegano. Em muitas cidades restaurautes veganos nem sequer existem. Se você  não quiser passar fome vai ter que aprender a se virar na cozinha.  Pros que já sabem cozinhar: aprendam a cozinhar pratos veganos. Estamos tão acostumados a preparar (e comer) pratos onívoros que ao se tornar veganas a maioria das pessoas fica sem saber o que fazer pra comer. Isso é muito perigoso. Ninguém gosta de comida insípida e monόtona e isso pode acabar espantando possíveis vegetarianos/veganos. Aprender novas maneiras de cozinhar significa ter a garantia de desfrutar de uma comida sempre saborosa e nutritiva.

11-Descubra novos alimentos.

Ser vegano não se resume a uma longa lista de alimentos que você NÃO PODE COMER. Muitos ficariam surpresos ao descobrir a grande quantidade de alimentos que PODEMOS COMER. Virar vegana foi como descobrir um mundo novo, cheio de alimentos que eu nem sabia que existia. Dê uma voltinha em uma feira de frutas e verduras ou pela seção de produtos naturais de um grande supermercado e você entenderá o que estou dizendo. Por isso a pergunta que escuto o tempo todo “mas o que é que você come?” me parece tão absurda.

12-Se informe.

Existem milhares de sites sobre veganismo. Você pode tirar suas dúvidas de nutrição aqui, pegar informações sobre os diversos aspectos da vida vegana aqui e aqui, militar pelos direitos dos animais  aqui, conhecer novos alimentos, compartilhar experiencias, achar muitas receitas vegetais…

13- Adote um regime vegano por 3 semanas e veja como você se sente.

Pouca gente está disposta a fazer mudanças radicais do dia pra noite, mas saber que é por um curto período torna isso menos assustador. Se você já está familiarizado com a dieta ovo-lacto vegetariana ou se, por razões éticas ou de saúde, você quer aderir imediatamente ao regime 100% vegetal, experimente esse desafio. Você ficará surpreso ao constatar que, passadas as duas primeiras semanas, se manter nesse regime será bem mais facil e natural. O segredo: nossos gostos são programados de acordo com o que comemos nas duas últimas semanas. Mudando o regime, muda-se também os gostos alimentares.

14- Seja paciente, saiba se perdoar e não desista.

Quase ninguém se tornou vegano do dia pra noite. Fazer uma transição lenta e consciente é essencial pra manter a saúde e pra que essa escolha seja duraroura na sua vida. Se hoje você não resitiu ao pedaço de queijo, respire fundo e prometa que amanhã você se esforçará mais. Ficar se culpando por eventuais “recaídas” é inútil. Mudar de regime alimentar não é fácil e requer perseverança. Se não deu pra ser 100% vegano hoje, haverá sempre a possibilidade de recomeçar tudo amanhã. O importante é não desistir.

15-Faça o que estiver ao seu alcance.

Cada passo dado no caminho de uma alimentação mais ética, ecolόgica e saudável conta. Acha impossível se tornar vegetariano, muito menos vegano? Não faz mal, contanto que você não deixe de fazer o que estiver ao seu alcance. Comer carne uma vez por semana, por exemplo, é melhor do que todos os dias. O esforço de cada um, mesmo pequeno, é importante e somado ao esforço dos outros faz uma grande diferença no final.

ATENÇÃO:

Pseudo-vegetarianos: quem come só “carne branca”, ou só peixe, quem come carne quase nunca, ou só de vez em quando, ou só no natal NÃO É VEGETARIANO.

Sem comentários…..vejam os nomes citados

Os hábitos de saúde são muito mais complexos que apenas a alimentação. Ela é demonstração de uma consciência maior o que faz sentido no artigo inteiro.
Certamente que existem onívoros “bem carnívors famosos” assim como vegetarianos bem vegetarianos também famosos e muito inteligentes, apenas para citar alguns VEGETARIANOS que se destacaram em suas áreas de atuação, eu gostando ou não deles, portanto são ou foram gênios no que faziam:

Alanis Morissete, Albert Einstein, Al-Ma’arri – filósofo, Aristóteles, Benjamin Franklin, Billy Idol, Brigitte Bardot, Brooke Shields, Charles Darwin, Charlie Watts, Clint Eastwood, Chrissie Hynde, Dalai Lama, Dave Navarro, Deepak Chopra, Dustin Hoffman, Empédocles – médico e filósofo, Fiona Apple, Gandhi, Gaudí, George Bernard Shaw, George Harrison, Henry Ford, Hitler, Immanuel Kant – Filósofo, Sir Isaac Newton, Isaac Bashevis Singer, Isadora Duncan, Jean Claude Van Damme, John Lennon, Kafka – Escritor, Kirk Hammett – Metallica, Da Vinci, Tolstoy, Liv Tyler, Lobão, Mark Twain, Mary Shelley,Tesla – Inventou vários aparatos elétricos, Paula Abdul, Paul Carton – médico, Paul McCartney, Penelope Cruz, Pitágoras, Platão, Plutarco, Prince, Rainha Sofia da Espanha, Richard Gerè, Ringo Starr, Rita Lee, Robert Smith – The Cure, Rousseau – Filósofo, São Francisco de Assis, Scott Adams – Cartonista: criador do Dilbert, Steven Jobs, Steven Seagal, Steve Vai – Guitarrista, Thomas Edison, Uri Geller, Victoria Beckham, Van Gogh, Voltaire, Shakespeare, Yoko Ono.

INGLATERRA – CAO CEGO GANHA O DIREITO DE ENXERGAR APÓS CIRURGIA

 

Casper, um cão da raça golden retriever, sofria por não poder brincar com outros cachorros, comer ou andar sozinho sem que atropelasse o que estivesse em seu caminho. Cego de nascença em função de uma catarata, o cão vivia num abrigo de animais carentes em Bristol, na Inglaterra. Ninguém queria adotá-lo. A história tocou uma das funcionárias do abrigo, Sally Baker, que decidiu apelar à população para dar vida nova ao filhote. Deu tão certo que a saga do cãozinho foi parar hoje no jornal inglês Daily Mail.

Com o objetivo de arrecadar o equivalente a R$ 5,8 mil para pagar a cirurgia de catarata para o cão, Sally produziu e distribuiu pela cidade cerca de cinco mil panfletos contando a trajetória de Casper. Com a ajuda de milhares de pessoas, de crianças que doaram os trocados que ganhavam dos pais até um idoso de 93 anos que que doou parte de sua aposentadoria, Sally arrecadou três vezes mais do que a quantia necessária.

Após a iniciativa, os veterinários decidiram reduzir pela metade o preço cobrado pela cirurgia. Casper realizou a operação na última semana e, há poucos dias do Natal, já ganhou seu primeiro presente: está enxergando parcialmente. “Ele passou da escuridão total para uma vida de luz e felicidade”, disse um dos médicos ao jornal Daily Mail. O restante do dinheiro arrecadado na campanha será utilizado na cirurgia de outros três cães. Confira uma foto de Casper brincando em nosso Facebook.

Andarta, vá com Deus, volte ao paraiso que é o seu lugar.

 

Dududa
nossa filha querida, nossa amada filha.
O único conforto para o nosso coração é saber que esta melhor agora podendo andar e correr com a Cléozinha e com o Zen aí no céu.
Você deixou o nosso coração em pedaços com tanta saudade da sua gentileza, amorosidade, paciência e força, quanta bondade a sua em aceitar a sua condição de não andar durante quase 2 anos.
Nos perdoe por qualquer descuido com você, por qualquer não entendimento de um pedido seu pois somos ignorantes diante de você.
Te amamos ainda mais…
Obrigada aos amigos que a conheceram e que compartilham a nossa dor, um agradecimento especial a Luiza que cuidava dela em casa, aos Veterinários, Sabryna, Taíse, Willian e Nicole em especial a Bianca que esteve com ela nos últimos anos e no seu último suspiro, isto também nos consola ela ter ido nos abraços de uma amiga
Esperamos ter o merecimento de reencontrá-la ainda nesta vida, mas enquanto este dia não chega por favor não sofra pelas nossas lágrimas elas são de amor e saudade, corra ao vento ao lado dos anjos.
Seja feliz aí além de aqui dentro de nós.
Saudades
Mamãe e Papai

 

 

Previous Older Entries