CÃES VIRAM TERAPEUTAS DOS SEUS DONOS

Uma pesquisa divulgada pela agência Associated Press revelou um dado extremamente curioso sobre os animais de estimação. Eles agora são terapeutas de seus donos. Essa constatação foi revelada a partir de um estudo realizado com 1112 donos de animais, dos quais 1/3 das mulheres casadas disseram que seus cães são melhores ouvintes que seus maridos. Os homens, por sua vez, afirmaram em 18% dos casos, que seu amigo peludo é melhor ouvinte que suas esposas. Em entrevista à agência, a americana Christina Holmdahl, revelou que conversa na maior parte do tempo com seu gato, dois cães e três cavalos, já que seu marido não lhe dá a devida atenção.

Ela declarou ainda que todos deveriam ter um pet para conversar, como ela faz com seu cavalo, Whistle, que convive com a americana há 20 anos. “Nós todos acabamos dizendo coisas que não gostaríamos quando estamos nervosos. E conversando em voz alta com os animais, acabamos racionalizando nossos pensamentos, nos acalmamos e avaliamos todos os lados da questão”.

A pesquisa da AP-Petside.com também revelou que a maioria das pessoas acredita que seus animais são estáveis e ajudam a combater a depressão. Por outro lado, quando o assunto é a saúde mental dos peludos, apenas 5% deles admitiram que já levaram seus bichos a um psicólogo para tratar possíveis sinais de depressão. Menos pessoas ainda declaram já ter dado antidepressivos aos animais. Mas eles não se opunham à ideia: 18% deles declararam que levariam seus bichos a um especialista se eles aparentassem desânimo ou estivessem abatidos.

E no ranking do pet mais utilizado como ouvinte figura o cão, já famoso pelo posto de melhor amigo do homem. Segundo a pesquisa, 25% dos donos de animais admitiram que contam seus problemas aos seus cães, contra 14% que fazem o mesmo com seus gatos. Em entrevista à agência, o americano Ron Faber, do Kansas, disse que é mais fácil conversar com seu cãozinho porque ele não omite opinião e não discute. “Acho que é melhor conversar em voz alta com o cão porque ele não se importa com o que você diz, apenas escuta e presta atenção. Eventualmente, o problema passa pela sua mente e a resposta para ele vem mais facilmente”.

Quando é a vez dos pets irem ao consultório, os problemas mais comuns nos cães são desvios de comportamento como agressividade e ansiedade, enquanto os felinos têm problemas em usar a caixa de areia. Medo de pessoas estranhas e trovões também são problemas comuns tratados por psicólogos para pets.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: